terça-feira, maio 23, 2006

Soneto - Aves

imagem Photomat

Beijam-se os pombos amiúde,

nos postes,nos ramos, nos beirais

e, vendo-os nessa terna atitude,

invejo-lhes os enlevos tão leais.

Cantam rouxinóis o seu prélude,

promessas de amor sempre fatais,

igualam a Chopin em beatitude,

as românticas melodias dos pardais.

Preferidos filhos da Natureza,

na cor, na graça e na beleza,

parecem reunir a perfeição.

E todavia são como tu e eu,

pequenas almas voando lá no céu,

enquanto as penas se arrastam pelo chão.

canela-e-jasmim

19 comentários:

hl disse...

Lindissimo poema:)Almas que voam no céu:) gostei, e Chopin... muito bom gosto:)
Beijinhos:)

canela_e_jasmim disse...

HL,

Obrigada!Gosto muito de música clássica e Chopin é muito inspirador.

Maria P. disse...

Fez-me sorrir, é lindo.

Beijinho.

canela_e_jasmim disse...

Maria,
Gosto. Quando te faço sorrir.

Um abraço sorridente para ti, minha amiga!
C.

canela_e_jasmim disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Hortência disse...

Cara amiga,
Gostei muito do novo poema!
Gostosas rimas as suas.
Abraços

jorgesteves disse...

Um pouco ao jeito da Florbela; por isso, olhando com a melancolia de um fim do dia. Mas são bonitas as (palavras) aves!...
jorgesteves

canela_e_jasmim disse...

Hortênsia,

Sim. Gostosas rimas. A Poesia é para comer, já o dizia a Natália Correia.

Sorrisos.

canela_e_jasmim disse...

Jorgesteves,

Ao jeito da Florbela. Nascemos ambas a 8 de Dezembro.Entre outros sentires semelhantes.

Melancolia... será do dia?

Um abraço e muito obrigada pelas vozes bonitas , que me oferece no seu refúgio, assim como pelas palavras que deixa espalhadas nos meus blogs.

refugiada disse...

Belo pela simplicidade que transmite.
gostei do cantinho, voltarei.

Cumprimentos!!

canela_e_jasmim disse...

Refugiada,

Obrigada pela vista. Volta sempre.
beijinho

Jo§e disse...

É sempre um prazer renovado passar por este cantinho.
Um beijo

José Pedro disse...

Como costume, simples como as coisas belas podem ser.
Abraços,
zé pedro

Tia Cremilde disse...

lindo poema. bela fotografia!

Tia Cremilde disse...

obrigada pelas informações. não fazia ideia. andei à procura de informações do rapaz, mas já vi que foi no sítio errado. qt à crise em angola, já toda a gente sabe, e tb não é para todos!
de qualquer maneira, só lhe ficava bem doar aqueles óros todos a uma isntituição! cada um com a sua pancada!

Freyja disse...

pequeñas alamas volando que siemrpe estan en todas partes
hermoso, gracias


besos y sueños

DE PROPOSITO disse...

Estou maravilhado. E mais não digo.
Fica bem.
Beijinhos.
Manuel

Menina_marota disse...

"...E todavia são como tu e eu,pequenas almas voando lá no céu,enquanto as penas se arrastam pelo chão."

... Soberbo!

A imagem é magnifica. Adorei!

Grata pela partilha.

Um abraço e bom fim de semana ;)

Helder Ribau disse...

contagiante o sentido destas palavras