quinta-feira, maio 04, 2006

Do teu papel


Gosto de papel.
Gosto!
Gosto do cheiro do papel.
Das cores do papel.
Das texturas do papel.
Fotografias.
Postais.
Álbuns.
Blocos de notas.
Agendas.
Gosto!
Gosto de papel.
Cartas.
Cartões.
Cartolinas.
Cadernos e cadernetas.
Gosto!
Gosto de papel.
Do papel dos presentes.
Do papel dos livros.
Gosto!
E gosto tanto, mas tanto tanto tanto,
do teu papel na minha vida!

4 comentários:

Tia Cremilde disse...

bonito fim!

eu gosto do cheiro dos livros novos!

canela_e_jasmim disse...

Também adoro o cheiro a livros novos e tenho um carinho todo especial pelos livros antigos.Há uma frase publicitária das Librairies Gibert (Paris) que diz "Un livre a plusieurs vies".De facto um livro pode ter várias vidas, tantas quantas as dos leitores que o lerem.Bom dia e boas leituras.

jorgesteves disse...

Palavras frescas, primaveris e melódicas atadas com um belo laço de ternura!...
(uma dúvida: aquela nossa similitude -que, sabemos, de todo original!- diz que vai até 'autor(a)'? Como?, não vi por lá rastos da sua passagem...)
E volto...
jorgesteves

Maria P. disse...

Eu gosto de papel, muito, mas não sei o meu papel...

um abraço