quarta-feira, março 29, 2006

Vício

Estava sentada num daqueles pequenos bares,dos raros locais onde se pode fumar no aeroporto de Amesterdão, a saborear um cigarrito depois de uma quantidade de horas em voo azul, quando ela se aproximou de mim.

-Não me diga que se pode fumar aqui?, perguntou-me num perfeito inglês.É uma vergonha, mas com esta idade , não consigo largar os cigarros.

Vamos chamar-lhe Mrs. Smith, para facilitar as coisas, porque não cheguei a saber o seu verdadeiro nome. Acontece que a Mrs. Smith estava em trânsito de Londres para o Borneu, onde iria passar uns dias com o seu único filho,engenheiro a trabalhar nessas paragens.Pequena, franzina e já com sessenta e muios anos, a senhora inglesa procurava nervosamente na carteira uma caixinha de fósforos, já com o cigarrito a tremer-lhe na boca.

Contou-me que sempre fora fumadora, mas que depois de aposentada, ainda mais fumava, para aborrecimento da família e do seu médico.

-Ando sempre de cigarro e chávena de café na mão desde que deixei de trabalhar.Tenho aqui um problema na perna, o médico diz que é má circulação...mas que quer? Não consigo largar o tabaco.

Quando Mrs. Smith se afastou, fiquei a pensar, por entre nuvens azuis, na sua conversa.Também eu fumo há muito tempo. E é verdade que desde que deixei de trabalhar fora de casa, também me vejo muitas vezes com uma chávena de café na mão.Não sou assim tão diferente de Mrs.Smith.Uns anitos mais nova e é tudo.

Que isto do tabaco é tremendo. Em novas, incitavam-nos a fumar, porque era chique, porque era moderno, porque dava status e ar de independência feminina. Pregaram-nos o vício. Durante uns anos bons, ninguém nos aborreceu e agora deram nisto. Eu sei que o tabaco não me faz nada bem, mas, meus amigos, tenham dó, já ando com cigarros na mão há demasiados anos para largar. A não ser que apanhe um susto daqueles... mas como sempre achamos que o mal só acontece aos outros... lá vai mais um preguito!

Aviso:

O Tabaco Mata. Não comecem a fumar!

2 comentários:

Menina_marota disse...

Nunca fumei. Nem penso sequer, algum dia fazê-lo..

Prefiro olhar o mar e sentir o vento nos cabelos, quando estou nervosa...

Grata pelo alerta...num texto excelente.Um abraço e boa semana .)

canela_e_jasmim disse...

Obrigada pela visita!
O mar e o vento nos cabelos, também gosto, mas isso são outras histórias.
Bom fim de semana para ti!